Com que frequência devo dar banho em meu pet?

A frequência no banho do pet é muito relativa. Existem três fatores principais que devem ser levados em consideração: a idade do animal, o tipo de pelagem e seu estilo de vida. Conhecer a necessidade de frequência do banho é muito importante para a saúde do seu pet, por conta do excesso de pelos mortos, sujeira e proliferação de fungos e bactérias.

 

IDADE

 

Cães e gatos filhotes devem ter um acompanhamento especial na hora do banho, pois a parte cerebral responsável pela manutenção da temperatura corpórea ainda está em fase de formação, podendo trazer complicações, como hipotermia. Sendo assim, é de extrema importância o uso de água morna – isso–também ajuda no condicionamento do animal, que irá lembrar do banho como um momento agradável. A recomendação é que os banhos iniciem a partir de 4 semanas de vida. Caso você leve o filhote para o banho no pet shop, lembre-se que ele deve ser prioridade na fila, além de ser indicado que o tutor aguarde e o leve embora logo após o término do serviço.

 

TIPOS DE PELAGEM

 

O tipo de pelagem também influencia na frequência do banho. Os cães de pelagem lisa e longa, como Shih Tzu e Yorkshire, devem ter banhos semanais ou no máximo quinzenais, além de escovar os pelos diariamente. Já os de pelo curto podem tomar banho quinzenalmente ou mensalmente.

 

ESTILO DE VIDA

 

As indicações acima dependem do estilo de vida do pet. Por exemplo, se ele vive dentro de casa, o mínimo de espaço entre os banhos é de 3 semanas. O mesmo para o pet que passeia muito ao ar livre e tem contato com locais sujos, ou que é muito agitado e brincalhão.

 

Vale a pena ressaltar que o banho em excesso também não faz bem, pois pode desidratar a pele. Por isso, é sempre bom utilizar produtos com base cosmética, que restabelecem a hidratação da pele e do pelo. A Pet Society possui linhas seguras de higiene e beleza tanto para quem cuida do pet em casa (clique aqui para conhecer os produtos) e para uso dentro do banho & tosa (clique aqui para conhecer os produtos). Para animais com a pele sensível, é indicado a visita a um médico-veterinário, que prescreverá produtos dermatocosméticos, como os da Linha Soft Care (clique aqui para conhecer os produtos).

 

Uma ótima opção para quem gosta de manter o pet limpinho entre os banhos é o Banho a Seco Beeps! Com algumas borrifadas e auxílio de uma escova, você neutraliza os odores, deixa um cheirinho incrível de melão, além da ótima aparência da pelagem.

 

Fontes: Clairton Anastacio e Daniel Yoshizato, Groomers Regionais Pet Society

Todos os posts

10/05/2017

Você sabe o que são dermocosméticos?

10/05/2017

Os produtos preferidos dos Groomers!

13/09/2017

6 dicas para tosa no Estilo Livre Asiático

22/09/2017

Cuidados com o pet no verão

03/07/2017

Seu gato precisa tomar banho?

22/09/2017

Como cobrar o serviço de banho e tosa no Pet Shop?