Dióxido de cloro no combate a halitose em cães e gatos

Uma das principais queixas dos tutores é sobre o mau hálito de seu pet. Mas em grande parte dos casos não há compreensão de que a halitose é apenas uma manifestação, um dos sinais clínicos de uma afecção oral que está em desenvolvimento e que pode comprometer a saúde do paciente.

 

Doença periodontal

 

A doença periodontal é uma das principais afecções orais em cães e gatos. Seu desenvolvimento é progressivo e tem início com o acúmulo da placa bacteriana, que leva de 24 a 48 horas para se formar sobre a superfície dental limpa. Dependendo da quantidade e do tempo em que as placas bacterianas ficam acumuladas, poderão ser observados diferentes estágios da doença periodontal, com consequências que vão desde gengivite leve e halitose, até a formação de cálculo dentário (conhecido popularmente como tártaro), infecção bacteriana, abscessos e destruição de gengiva, dentes e osso. Além de prejuízos à saúde oral, as bactérias presentes na doença periodontal podem atingir a circulação sanguínea e acometer órgãos como rins, fígado e coração.

 

As bactérias estão localizadas nos dentes e nos tecidos que os envolvem. Um filme composto por saliva, carboidratos, gorduras e proteínas formam uma película de revestimentos sobre os dentes. As bactérias orais se aderem a esta mistura formando a placa dental, enquanto o acúmulo de cálcio e outros minerais presentes na saliva transformam a placa progressivamente em uma substância endurecida, mineralizada, denominada cálculo dentário. O acúmulo da placa desencadeia a infecção bacteriana dos tecidos adjacentes aos dentes causando a periodontite, que é a infecção e inflamação do periodonto, processo referido como doença periodontal.

 

Programa odontológico preventivo

 

A escovação dental é capaz de remover a placa bacteriana, mas não o cálculo. Devido ao curto período de formação da placa bacteriana, a escovação dental diária é a forma mais eficaz de removê-la e considerada o padrão ouro de prevenção da doença periodontal, sendo fundamental a combinação de tratamento profissional e cuidados em casa para a manutenção da saúde oral.

No geral, os médicos veterinários conhecem bem a doença periodontal. No entanto, no dia a dia da clínica geral, o exame da cavidade oral nem sempre recebe a atenção merecida e as afecções odontológicas acabam sendo foco de diagnóstico e tratamento quando já se encontram em estágio moderado ou avançado. Além disso, há falta de orientação e capacitação dos proprietários para a realização de cuidados odontológicos preventivos domiciliares em seus animais.

Para proporcionar saúde e bem estar a cães e gatos e conseguir estabelecer uma rotina de práticas de cuidado odontológico, é preciso conscientizar e motivar os proprietários constantemente e, para isso, é imprescindível conscientizar o cliente e estabelecer, desde a primeira consulta, um programa odontológico preventivo precoce, idealmente implantado antes do surgimento de halitose e cálculo dentário no paciente. A execução desse plano de manejo inclui treinamento do proprietário para escovação dental dos filhotes e definição de um cronograma com o passo a passo que o tutor deverá realizar em casa. É importante que a execução das práticas odontológicas seja acompanhada periodicamente, juntamente com as aplicações de vacinas e consultas de avaliação geral.

 

A escovação dental já é oferecida em muitos centros de estética como serviço complementar aos banhos de rotina. Portanto, também é fundamental capacitar e treinar periodicamente o profissional do centro de estética para a escovação dental correta dos animais. Esse profissional poderá ser um aliado do médico veterinário ao observar e relatar sinais de alteração como mau hálito, sangramento em gengiva, acúmulo de placa bacteriana ou outro tipo de lesão na cavidade oral, aconselhando a consulta ao médico veterinário e a escovação diária dos dentes do animal. A atenção deve ser redobrada no caso de animais de pequeno porte, os quais são mais predispostos à doença periodontal.

 

Essa interação ajuda o proprietário a compreender as orientações e, o que é mais importante, contribui para que ele mantenha a motivação e a constância necessárias para o sucesso de um programa odontológico preventivo.

Além da escovação, é importante complementar o plano de manejo odontológico com produtos que auxiliam a proteção de dentes e gengivas e, consequentemente, previnam o desenvolvimento da doença periodontal, principalmente pela dificuldade de manter a rotina e constância da escovação diária dos pets.

Soluções como Dental Splash complementam as ações de um programa odontológico preventivo. É muito comum o proprietário esquecer ou não conseguir escovar os dentes do animal todos os dias. No entanto, os prejuízos serão menores se ele tornar um hábito a diluição diária de Dental Splash na água de bebida de seu pet. Após a diluição, a solução não apresenta odor, nem sabor e, portanto, não interfere na ingestão hídrica. Trata-se de uma forma prática e eficiente de retardar e diminuir o acúmulo de placa bacteriana e reduzir o mau hálito, pois o Dióxido de Cloro, principal componente da fórmula, apresenta propriedades bactericidas e também neutraliza os compostos de enxofre voláteis que causam halitose e são capazes de lesionar tecidos. Além disso, é um produto seguro para cães e gatos.

 

Dióxido de Cloro

O dióxido de cloro existe há quase 200 anos. As vantagens das soluções de uso oral com dióxido de cloro são que não contêm álcool, não causam manchas, o sabor da água não é alterado e o uso pode ser de longo prazo.

O mau hálito é causado por bactérias anaeróbias que colonizam principalmente a parte de trás da língua. Estes agentes patogênicos alimentam-se de proteínas residuais, produzindo compostos sulfurados voláteis (CSVs) como subprodutos, incluindo: sulfureto de hidrogênio, metil-mercaptano, cadaverina e escatol. O dióxido de cloro reduz as concentrações de CSVs da cavidade oral.

Existem dois tipos de dióxido de cloro (ClO2): o dióxido de cloro estabilizado (clorito de sódio) e dióxido de cloro como gás. O dióxido de cloro estabilizado apresenta-se em forma de sal em solução com bicarbonato e é muito seguro.

 

Dióxido de cloro estabilizado

 

Forma molecular estabilizada de dióxido de cloro, que atua como excelente agente antimicrobiano, utilizado com sucesso há várias décadas em muitos países para sanitização de alimentos e purificação de água, além do uso em produtos de higiene oral.

No Dental Splash esse ingrediente compõe uma formulação exclusiva e diferenciada que garante a ativação do dióxido de cloro estabilizado em concentração segura e ao mesmo tempo eficaz para eliminação dos micróbios e neutralização dos CSVs.

 

Como funciona

Quando o dióxido de cloro é exposto às áreas ácidas onde a placa bacteriana se formou, este é liberado e fica então disponível para a eliminação de bactérias que causam placas dentárias e produzem compostos de enxofre voláteis. A redução da quantidade de bactérias na boca tem o benefício de reduzir a placa bacteriana, diminuindo a chance de desenvolvimento da doença periodontal.

Outro mecanismo de ação é através da oxidação de sulfuretos presentes em CSVs, destruindo as moléculas que causam halitose.

 

Linha odontológica completa

Para oferecer um programa completo de manutenção da saúde oral de cães e gatos, conheça os outros produtos que compõem a Linha Odontológica Pet Society:

Dental Guard Suave Abrasão

Creme dental que contribui com a desagregação da placa bacteriana por sua composição abrasiva suave, potencializando a ação mecânica da escovação sem agredir a gengiva e o esmalte dentário. Além disso, ajuda a diminuir os sinais inflamatórios da gengivite por conter glicirrizinato dipotássico, componente derivado do Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra), planta fitoterápica com propriedade anti-inflamatória e antioxidante. O sabor tutti-frutti é bem aceito pelos pets e também agrada bastante os tutores por proporcionar hálito fresco e agradável. Além disso, é um produto totalmente seguro para cães e gatos, pois não contém flúor. Desta forma, se o animal ingerir o produto não apresentará irritação gástrica.

Dental Guard Special Care

Gel para escovação dental e higienização oral de filhotes e animais com dentes e gengivas sensíveis. A apresentação em gel facilita a aplicação de forma mais suave sobre os dentes e gengiva com sensibilidade. O extrato de própolis tem ação antimicrobiana, proporcionando proteção contra a formação da placa bacteriana, enquanto o ácido hialurônico facilita a regeneração tecidual e o alcaçuz (glicirrizinato dipotássico) ajuda a controlar o processo inflamatório e diminuir a sensibilidade da mucosa oral.

 

Dental Guard Professional

 

Pasta profilática de uso profissional, indicada para polimento, brilho e acabamento pós profilaxia periodontal, em cães e gatos. Contém equilibrada combinação de cristais minerais (carbonato de cálcio, sílica precipitada, pedra pomes precipitada e bicarbonato de sódio) que promovem eficiente polimento dentário, além de glicirrizinato dipotássico, componente do Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra), que controla a irritação e a sensibilidade da mucosa oral.

 

Referências

ASL, M.N.; HOSSEINZADEH, H. Review of pharmacological effects of Glycyrrhiza sp. and its bioactive compounds. Phytotherapy Research, v.22, n.6, p.709-724, 2008.
GORREL, C.; GRACIS, M.; HENNET, P.; VERHAERT, L. Doença periodontal no cão. Focus, 2007.
HARVEY, C.E. Management of periodontal disease: understanding the options. Vet Clin Small Anim, v.31, p.819-836, 2005.
HERCZEGH, A. et al. Effectiveness of a high purity chlorine dioxide solution in eliminating intracanal Enterococcus faecalis biofilm. Acta Microbiologica et Immunologica Hungarica, v.60 (1), p. 63–75, 2013.
HUANG, J., et al. Disinfection effect of chlorine dioxide on viruses, algae and animal planktons in water. Water Res. 1997; 31: 455-460.
INGHAM, K.E. et al. The effect of toothbrushing on periodontal disease in cats. American Society for Nutritional Sciences. J. Nutr. v.132, p.1740S-1741S, 2002.
LYNCH, E. et al. Multicomponent Spectroscopic Investigations of Salivary Antioxidant Consumption by an Oral Rinse Preparation Containing the Stable Free Radical Species Chlorine Dioxide. Free Radic Res. 1997; 26: 209-34.
MENEZES, H. Própolis: uma revisão dos recentes estudos de suas propriedades farmacológicas. Arq. Inst. Biol., São Paulo, v.72, n.3, p.405-411, jul./set., 2005.
NUNES, M.H.V. et al. Conhecimento de proprietários de cães e gatos sobre a saúde bucal de seus animais. Anais 35º ANCLIVEPA, p.733-735, 2014.
ROUDEBUSH, P. et al. Evidence-based veterinary dentistry: a systematic review of homecare for prevention of periodontal disease in dogs and cats. J.Vet. Dent., v.22, n.1, 2005.
WIRTHLIN, M.R.; AHN, B.J.; ENRIQUEZ, B.; HUSSAIN, M.Z. Effects of stabilized chlorine dioxide and chlorhexidine mouth rinses in vitro on cells involved in periodontal healing. Journal of West Society Periodontology/Periodontal Abstracts 2006; 54(3), 67-71.

 

Todos os posts

10/05/2017

Você sabe o que são dermocosméticos?

13/09/2017

Shampoo 2 em 1 para cachorros: praticidade na hora do banho.

22/09/2017

Como cobrar o serviço de banho e tosa no Pet Shop?

10/05/2017

Como fazer seu cão urinar no local desejado

08/11/2017

Novembro Azul para Cães e Gatos

07/07/2017

Conheça as tendências de tosa de 2017